desktop_noticias_topo

SP reforça ajuda de aeronaves e profissionais ao RS

O Governo de São Paulo reforçou a ajuda no socorro às vítimas dos temporais que atingem o Rio Grande do Sul neste fim de semana. Desde a quarta-feira (1º), cerca de 300 pessoas foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros paulista na região. Outros mil desabrigados foram auxiliados pela Defesa Civil.

Os profissionais atuam no resgate de pessoas ilhadas pelas enchentes, com auxílio de sete embarcações. Os trabalhos que já contavam com o auxílio da aeronave Águia 12 passam a ser reforçados neste sábado (4) com a chegada da Águia 33 e Águia 24. Elas partiram pela manhã de São Paulo. A previsão é fazer duas paradas em Santa Catarina e chegar ao Rio Grande do Sul por volta das 16h.

O Águia 23 é um modelo com capacidade para transporte aeromédico, incluindo uma UTI e capacidade para transportar até sete pessoas.

Ao todo, já são 56 profissionais paulistas no socorro à população gaúcha, entre bombeiros, enfermeiros, geólogos e militares, além do apoio de dois cães farejadores.

Policiais militares de São Paulo, com agentes do Corpo de Bombeiros e do Comando de Aviação, atuam na localização e socorro médico de vítimas soterradas, salvamento de pessoas ilhadas e busca de desaparecidos.

Um avião King Air também foi colocado à disposição pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) para apoiar o transporte de equipes até o sul do país.

A Defesa Civil de SP enviou seis agentes e um geólogo ao Rio Grande do Sul para auxílio às vítimas e apoio técnico às autoridades gaúchas. O órgão ajuda na construção de um centro logístico de ajuda humanitária regional na cidade de Estrela, no Vale do Taquarí, como explica o capitão da Defesa Civil, Roberto Farina.

“A cidade de Lajeado, que tem o posto de comando avançado, tem problemas de acesso porque a ponte do Rio Taquari, que liga Estrela a Lajeado, foi obstruída, fazendo com que nós não tenhamos ainda acesso por terra”, afirma.

Fundo Social

O Fundo Social de São Paulo (FUSSP) e a Defesa Civil do Estado iniciam neste domingo (5) uma campanha humanitária em prol das vítimas das recentes chuvas no Estado do Rio Grande do Sul. A ação do Governo de SP tem como objetivo arrecadar água potável, itens de higiene e limpeza para fornecer assistência às comunidades afetadas.

As doações devem ser entregues no depósito do Fundo Social, localizado na Avenida Marechal Mário Guedes, 301, no bairro do Jaguaré na Capital. O local estará aberto a partir das 8h deste domingo para receber as doações. Durante a semana, as doações poderão ser entregues das 8h às 17h no mesmo local. O transporte dos insumos para o Rio Grande do Sul será feito pelas companhias aéreas Gol e Azul que se voluntariaram para enviar as doações por meio aéreo, devido os diversos bloqueios nas estradas.

Em preparação para o início da campanha, os funcionários do FUSSP dedicarão o sábado para organizar o local de recebimento das doações, garantindo uma logística eficiente e ágil para o processo de coleta.

Siga o Jornal do Agro Online no Telegram e receba diariamente as principais notícias do Agro:

https://t.me/jornaldoagroonline

Curta nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/jornaldoagroonline/

Instagram: https://www.instagram.com/jornaldoagroonline/

Fonte: Governo de SP

Mostrar comentários