desktop_noticias_topo

Cinturão verde apresenta cenários diferentes para o preço da alface

A semana foi de recuo nas cotações de alface crespa em Ibiúna (SP), fechando a semana com a média de R$ 24,13/cx com 20 unidades, redução de 4,46% em comparação com o último registro. 

Produtores justificaram isso ao clima sem chuva nos últimos 10 dias, o que favorece a colheita. 

Porém, devido ao calor intenso, alguns produtores relatam problemas com queima de borda e, principalmente, com presença de mela, o que dificultam na comercialização. 

Já na região de Mogi das Cruzes (SP), os preços seguiram o rumo contrário, apresentando leve valorização.

De acordo com produtores, o intenso calor atrelado às chuvas repentinas faz com que afete as produções, controlando a oferta na localidade. 

Colaboradores registraram problemas com alfaces melando, ataque de bactérias e problemas no talo da planta (mais escurecido), resultando em perda do padrão comercial desses produtos. 

Com isso, o aumento dos valores foi de 2%, fechando a semana com a caixa da crespa a R$42,50/cx com 20 unidades, seguindo o cenário de oferta mais restrita em Mogi das Cruzes.

Siga o Jornal do Agro Online no Telegram e receba diariamente as principais notícias do Agro:

https://t.me/jornaldoagroonline

Curta nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/jornaldoagroonline/

Instagram: https://www.instagram.com/jornaldoagroonline/

TikTok: tiktok.com/@jornaldoagroonline

Fonte: Hfbrasil

Mostrar comentários