desktop_noticias_topo

Cadeia produtiva de caprinos e ovinos pode ser incluida no Plano Safra, diz CNA

Nesta semana, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou da reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Caprinos e Ovinos do Mapa para discutir o balanço das ações durante o ano e apontar os desafios para 2024.

O presidente do colegiado, Pedro Martins, destacou a atuação da Câmara no pleito pelo reconhecimento e criação de normativas nacionais para o enfrentamento da micoplasmose e scrapie, enfermidades de impacto econômico e zootécnico que acometem essas cadeias produtivas.

Martins salientou a proposta de se criar um modelo de governança para a caprinovinocultura pautado pela rastreabilidade, bem como a necessidade do delineamento de um protocolo de tipificação e classificação de carcaças para essas cadeias produtivas.

O assessor técnico da CNA, Guilherme Dias informou que há perspectiva de criação de uma estratégia para exportação de lã para a China, bem como a inclusão das cadeias produtivas de caprinos e ovinos no Plano Safra, com objetivo de fomentar desenvolvimento por intermédio do acesso à crédito rural.

Outro tema da reunião foi a revisão do Regulamento Técnico de identidade e qualidade do leite de cabra, estabelecido pela Instrução Normativa nº 37/2000, cuja adequação deverá ser objeto de Consulta Pública junto à sociedade no primeiro trimestre de 2024.

“A proposta é que haja o regramento quanto aos parâmetros de qualidade da matéria prima, com vistas a otimizar os processos industriais e garantir a inocuidade dos derivados”, pontuou Dias.

O protocolo de importação e exportação de material genético de caprinos e ovinos para o Paraguai e outras nações do Mercosul também foi debatido pelos representantes da Câmara Setorial.

Guilherme explicou que o mercado do Paraguai foi aberto esse ano e representa relevantes oportunidades para o setor. 

“Produtores que desejarem exportar sêmen ou embriões de caprinos e ovinos ao país deverão procurar a Superintendência Federal de Agricultura de seus estados para abertura do processo”.

Siga o Jornal do Agro Online no Telegram e receba diariamente as principais notícias do Agro:

https://t.me/jornaldoagroonline

Curta nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/jornaldoagroonline/

Instagram: https://www.instagram.com/jornaldoagroonline/

TikTok: tiktok.com/@jornaldoagroonline

Fonte: CNA

Mostrar comentários