desktop_noticias_topo

São Paulo ganha selo exclusivo para o agronegócio

Os produtos de origem paulista passam a ter reconhecimento público do Governo do Estado por meio do novo selo AgroSP, desde esta sexta-feira (24). 

A marca reconhece produtos do agro paulista, que reúnem tecnologia de ponta, excelência, técnicas e práticas ambientalmente sustentáveis, por meio de um Selo que garante a origem e o diferencia reforçando suas boas práticas.

Com apoio da gestão comandada pelo governador Tarcísio de Freitas a todos os pequenos, médios e grandes produtores, o Selo será estabelecido nos 645 municípios paulistas.

"O Selo AgroSP foi criado em parceria com a SECOM com o objetivo de gerar inclusão e agregar valor ao produtor e consumidor, mostrando que o agro de SP é diferenciado", destacou Guilherme Piai.

O AgroSP foi desenvolvido pela Secretaria de Comunicação do Estado, em apoio à Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Sob o lema “São Paulo: terra que dá orgulho”, o selo se torna uma nova forma de destacar os produtos do agro paulista, reforçando aspectos como uso de tecnologia de ponta, excelência técnica e práticas ambientalmente sustentáveis.

Durante o lançamento do pacote SP Agro no Palácio dos Bandeirantes, uma plateia formada por centenas de agroempreendedores e gestores municipais assistiu ao vídeo de apresentação da nova marca. O AGROSP também passa a ser uma representação da qualidade dos produtos agrícolas paulistas tanto no Brasil como no exterior.

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento ficará responsável pela divulgação direta do selo AGROSP aos agroempreendedores paulistas, que poderão usar a marca para indicar a procedência de seus produtos e o alto valor agregado gerado pelo setor em São Paulo.

Siga o Jornal do Agro Online no Telegram e receba diariamente as principais notícias do Agro:

https://t.me/jornaldoagroonline

Curta nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/jornaldoagroonline/

Instagram: https://www.instagram.com/jornaldoagroonline/

TikTok: tiktok.com/@jornaldoagroonline

Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP

Mostrar comentários